FFFfffffuuuuuuuu – FARRA!

Antes de exibir o ffffuuuuu adiante, vou dar uma breve explicada:
um dia desses Aline tava falando um monte de groselhas (desse mesmo jeito: “groselha! groselha! groselha! groselha!”), daí enquanto ela contava a história longa que ninguém tava prestando atenção, o groselheiro Vitor teve a idéia genial de falar: “FARRA!” (palavra de um assunto anterior de Aline); e eu, como bom captador de groselhas, num me aguentei e falei “FARRA!” também. Alininha, teimosa, continuou a história dela, e enquanto ela contava:

– FARRA! (de Vitor)
– blablablabalablabla
– FARRA! (meu)
– blabalablablablablabalbla
– FARRA! (de Vitor, já com tom de sacanagem)
– FARRA! (meu, quase explodindo de rir por dentro)
– blablablablablablabalabalablabalabla
(N VEZES)
– FARRA! (de Vitor, já escrachando tudo)
– FARRA! (meu, já rindo pra kct)
– AHH, Vão se LASCAR vocÊS (Aline, estilando pesado)

Teve outros detalhes tb, mas vamos ao ffffuuuuuuu de hoje, criado pelo próprio groselheiro Vitor:

"Blablablablablabla"
FARRA?